BEM-VINDO AO BLOG DO PROJETO ALUNOS EM REDE - MÍDIAS ESCOLARES

Aqui você encontrará produção de alunos de

Escolas Municipais de Porto Alegre na área da intersecção da

educação com a comunicação pelo campo da Educomunicação.
O material destas produções é utilizado para fins exclusivamente educativos

terça-feira, 27 de maio de 2014

Cês 20 Marcírio: Turma C23-2014 comentando publicações antigas de n...

Cês 20 Marcírio: Turma C23-2014 comentando publicações antigas de n...:           Os comentários curtos  a seguir foram produzidos  no final da aula em que os alunos conheceram as demais publicações contendo text...

sábado, 24 de maio de 2014

Bibliolinkoteca de Educomunicação

Realizamos modificações em nosso campo de bibliografia a pedido fos internautas de nosso blog, que algumas vezes, solicitaram melhor organização que viesse a facilitar os caminhos para encontrar o que desejam.
Para tanto construímos um espaço organizado em temas e com tipificações, incluindo vídeos e mais livros, dissertações e teses.
Contudo, deixaremos na web, por mais algum tempo, o item Educomunicação, para não causar desconforto a quem esteja habituado a sua organização. Nossa idéia é manter o conteúdo do item Educomunicação dentro do item Bibliolinkoteca.
Para você acessar este novo item basta procurá-lo na barra de organização dos temas do blog ou clicar aqui.

quarta-feira, 21 de maio de 2014

Alunos de 12 anos recebem Workshop para cobertura do Desfile da Gincana


Na Escola Municipal Afonso Guerreiro Lima alunos de 12 anos recebem workshop para estrear em cobertura educomunicativa em evento externo à escola. Trata-se da cobertura do desfile e entrega da premiação da Gincana.


Os alunos revelaram, para variar, boa performance no item entrevista. Como trata-se de um assunto vivenciado, já que a escola participou da gincana, a pauta será feita por levantamento de conteúdo resultante da própria vivência. Deverão os alunos captar imagens do desfile, entrevistar alguns colegas e direções e provavelmente a secretária de Educação e também o prefeito.


Acompanhem as fotografias e vídeo deste processo inicial.

video





terça-feira, 20 de maio de 2014

Luana Nunes Silva, conta a Lucas Cheffer, 13 anos, sua experiência já acumulando 10 anos em robótica livre.

Luana Nunes Silva, conta a Lucas Cheffer, 13 anos, sua experiência já acumulando 10 anos em robótica livre. FISL15 - cobertura da Rádio MC da Escola Morro da Cruz. Programa Mídias Escolares da Secretaria Municipal de
#alemredenofisl #alemrede #vemprofisl #fisl17 #coberturacolaborativa # educom #radiomorrodacruzEsucação, Porto Alegre.

sexta-feira, 16 de maio de 2014

NO FISL 15, LUCAS,13, ENTREVISTA LUANA SILVA, ROBÓTICA LIVRE

Luana Nunes Silva, conta a Lucas Cheffer, 13 anos, sua experiência já acumulando 10 anos em robótica livre. FISL15 - cobertura da Rádio MC da Escola Morro da Cruz. Programa Mídias Escolares da Secretaria Municipal de Esucação, Porto Alegre.

NO FISL-15 LUCAS, 13, ENTREVISTA ANAUHAC GIL SOBRE REDES LIVRES

Anauhac de Paula Gil ativista de Redes sociais livres, no FISL, desde o primeiro, explica a possibilidade de segurança em redes sociais livres e federadas.
Aluno Lucas Schaffer,13, da Escola Morro da Cruz, pela Rádio MC. Programa Mídias Escolares da SMED/PORTO ALEGRE - RS.



Lucas, 13 anos, entrevista Sady Jaques no FISL15


FISL15 Lucas Scheffer, 13, entrevista Sady Jaques embaixador da associaçãosofterlivre.org .
Jaques fala sobre o amplo uso do software livre à Rádio MC da Escola Morro da Cruz. 
Programa Mídias Escolares da Secretaria Municioal de Educação de Porto Alegre.




Os três moleques / Revistapontocom - História do estudante João Daniel de 14 anos

Replicamos de REVISTAPONTOCOM.

Os três moleques | revistapontocom História do estudante João Daniel, 14 anos.


REVISTAPONTOCOM.ORG.BR 

 FALA JOVEM. O texto de hoje é do menino João Daniel, de 14 anos. Ficção ou realidade? Um texto denso, instigante, bem construído que prende o leitor do começo ao fim, fazendo pensar. Desigualdade, violência, paz, consumo e política. Com o objetivo de dar vez e voz às crianças e jovens, a revistapontocom inaugura mais um espaço neste sentido: o Fala Jovem. Neste espaço, vamos publicar textos escritos por crianças e jovens sobre diversos assuntos. A ideia é promover a ‘fala’ destes cidadãos e ao mesmo tempo possibilitar que os adultos conheçam e ouçam suas histórias, sentimentos, comentários, avaliações sobre temas do nosso cotidiano. O texto de hoje é do menino João Daniel, de 14 anos. Ficção ou realidade? Um texto denso, instigante, bem construído que prende o leitor do começo ao fim, fazendo pensar.

quinta-feira, 15 de maio de 2014

Cleiton Geovani fala sobre programar em softeware livre

Da mesma faixa etária de Leonardo, Cleiton fala que gosta de robótica da área de programação. Assista a entrevista. Programa Mídias Escolares, SMED/PORTO ALEGRE - RS, pela Rádio MC da Escola Municipal Morro da Cruz.
#alemredenofisl #alemrede #vemprofisl #fisl17 #coberturacolaborativa # educom #radiomorrodacruz


Leonardo,13 entrevista Joel do Movimento hacker internacional

Responsável pelo espaço Dumont, Joel do Mate Hacker, foi entrevistado pelo aluno Leonardo Pimentel, 13, da Rádio MC, da Escola Municipal Morro da Cruz. Antes da entrevista os alunos/as da equipe da RMC conversaram bastante, no espaço Dumont, conhecendo mais sobre hacker. Programa Mídias Escolares da Secretaria de Educação de Porto Alegre - RS.

No FISL15 Lucas Scheffer,13, publica "romance" de Andrea Boss e softer livre.

Na cobertura do FISL15 alunos da EMEF Morro da Cruz entrevistam Andrea Bos estudante de Jornalismo e mestranda em Computação. Interessante descrição de softewares livres para edição de áudio, vídeo e fotos. Importante momento em que os alunos "roubam" a locutora de seu fazer e registram sua forte ligação com o softer livre. Programa Mídias Escolares da Secretaria Municipal de Educação de Porto Alegre - RS.
#alemredenofisl #alemrede #vemprofisl #fisl17 #coberturacolaborativa # educom #radiomorrodacruz

TV OVO e Rádio MC no FISL-15

Repicamos matéria da TV OVO plublicada no youtube.


Publicado em 09/05/2014 Alunos do projeto Mídias Escolares, desenvolvido pela Secretaria de Município da Educação da Porto Alegre, participam do 15º FISL e falam para a TV Software Livre sobre o projeto, as atividades desenvolvidas na escola e sobre a participação no Fórum Internacional de Software Livre.
Neste vídeo os alunos são da Escola Municipal Morro da Cruz, de Porto Alegre - RS.
Kerolin Cruz, 14. Da EMEF Morro da Cruz, Rádio MC.

quarta-feira, 14 de maio de 2014

Kelen Cruz, 14, entrevista o hacker Lisardo no FISL 15.

Pela Rádio RPV da EMEF pres. Vargas. Programa Mídias Escolares da SME/PORTO ALEGRE - RS
#alemredenofisl #alemrede #vemprofisl #fisl17 #coberturacolaborativa # educom #radiomorrodacruz
 

Kerolin Cruz, 14 anos, meta-arte e meta-robótica

No FISL 15, a aluna da EMEF PRES. VARGAS, da Rádio RPV entrevista Algyr Faco que fala da experiência em produção de Robótica, em softer livre, meta-robótica e meta-arte (meta: utilização de sucata, no caso eletrônica). Cobertura educomunicativa produzida no Programa Mídias Escolares da Secretaria de Educação de Porto Alegre -RS.
#alemredenofisl #alemrede #vemprofisl #fisl17 #coberturacolaborativa # educom #radiomorrodacruz
 

terça-feira, 13 de maio de 2014

KEROLIN CRUZ, 14 ENTREV FELIX PEREIRA-FENADADOS

Na cobertura do FISL 15 Kerolin Cruz, 14 entrevista o repórter fotográfico da FENADADOS/BRASÍLIA.


ENTREVISTA COM DONIZETE SOARES NO FISL 15

#alemredenofisl #alemrede #vemprofisl #fisl17 #coberturacolaborativa # educom #radiomorrodacruz
Em Porto Alegre no 15º Forum Internacional de Softeware Livre, alunos da Rádio RPV da EMEF Presidente Vargas, entrevistam Donizete Soares, co-responsável pelo Grupo Cala a boca já morreu - porque nós também temos o que dizer.
São alunos do Projeto Mídias Escolares da Secretaria Municipal de Educação de Porto Alegre-RS

sábado, 10 de maio de 2014

Primeiro dia de FISL !

Por Jacqueline Aguiar.
   Publicado em maio 8, 2014 por midiasescolares1

E nossos alunos da Rede Municipal de Porto Alegre já se destacaram entre os participantes do evento na PUC. Atuando com câmeras, microfones, gravadores digitais, e também com seus estabilizadores de imagem, tripés e demais criativos equipamentos construídos com canos de PVC os alunos da EMEF Presidente Vargas, acompanhados por seu professor Geovani, realizaram entrevistas e reportagens. No entanto o que se pode realmente destacar neste primeiro dia de atuação foi a postura, a fluência e a competência com que os alunos realizaram as entrevistas, fotos e filmes. É preciso ainda dar destaque para a interação humana, a gama de possibilidades que tiveram de descobrirem novos conceitos como “hackerismo” “espírito livre” “robótica livre”, entre tantos outros; e ainda mais importante: a sua constituição como sujeitos autônomos e capazes de se comunicar, de serem autores de seus próprios discursos é realmente empolgante. A cada atividade e evento que participamos, sentimos a importância deste protagonismo. É palpável a significação que essas ações encontram na sala de aula, no retorno à escola. Tanto para a equipe que esteve no evento quanto para os demais alunos, que também se sentem parte da ação. Hoje, além de terem realizado um ótimo trabalho, a equipe da EMEF Presidente Vargas abriu as portas para o pessoal da EMEF Morro da Cruz continuar a cobertura educomunicativa que será veiculada na íntegra nos blogs dos Projetos: AlemRede e Autoria Digital da SMED Porto Alegre. Estamos felizes por hoje e animados por amanhã!

sexta-feira, 9 de maio de 2014

FISL 15

Por Jacqueline Aguiar.

Mais uma vez nossos alunos estarão participando do Fórum Internacional do Software Livre. Aguarde a programação! Presença, interação e autoria no 12º Festival de Vídeo estudantil e Mostra de Cinema de Guaíba Publicado em dezembro 4, 2013 por midiasescolares1 No dia 27 de novembro de 2013 alunos e professores da rede municipal de Porto Alegre, integrantes do projeto Mídias Escolares da Secretaria Municipal de Educação, marcaram presença no 12º Festival de vídeo estudantil e Mostra de cinema de Guaíba. O grupo contou com a participação do Jornal Voz 470, articulado pela Professora Geórgia Decker da EMEF Nossa Sra de Fátima, e com integrantes da Rádio Brum, articulada pelo professor Felipe, da EMEF Carlos Pessoa de Brum. Entre as atividades que tiveram a oportunidade de vivenciar durante o evento, os alunos participaram da oficina de Mídias Escolares ministrada pelos professores Jacqueline Aguiar e Jesualdo Freitas, onde tiveram um perfeito movimento de interação e troca de saberes com os alunos das escolas municipais da rede de Guaíba. Nossos alunos puderam compartilhar suas experiências, apresentar suas práticas e vivências educomunicativas, na composição das equipes de mídias e ainda colaborando para a ampliação das possibilidades de autoria e protagonismo de cada aluno envolvido. Na cobertura do evento, sediado na ULBRA, Universidade Luterana do Brasil, campus de Guaíba, os alunos das duas redes municipais realizaram entrevistas, filmagens, fotografias, postagem e compartilhamento de informações através das redes sociais, bem como vivenciaram todas as etapas de produção midiática programada para a vivência. A presença, a interação e a possibilidade de autoria foram os grandes vetores da participação de nossos alunos neste evento onde a produção audiovisual era a estrela da festa. Pensar em suas práticas, produzir conteúdo, ampliar o diálogo e ainda vislumbrar a possibilidade de novas produções; produtos resultantes de um rico processo; colabora e legitima a construção de cada sujeito envolvido na caminhada. Que cada um dos alunos se sinta congratulado por sua participação, e que cada professor se sinta estimulado a dar continuidade ao trabalho, nas duas redes! Veja imagens e replicado de http://midiasescolares.wordpress.com/

terça-feira, 6 de maio de 2014

SMED no FISL 15!

Por Jacqueline Aguiar

Há 15 anos Porto Alegre tem tido a grata oportunidade de acolher e vivenciar um dos maiores eventos de tecnologia que o mundo conhece: O Fórum Internacional do Software Livre. Nele, vemos pessoas de várias partes do mundo que trabalham e buscam desenvolver programas e aplicativos desse universo livre. E a cada ano se torna mais significativa e legitimada a participação de representantes de nossa Rede Municipal de Educação neste evento. Professores, alunos, estagiários, assessores e comunidade escolar como um todo, advindos das vinte e oito escolas de Ensino Fundamental de nossa Rede, onde o sistema operacional dos laboratórios de informática é livre, estão cada vez mais conhecedores do tema.
A distribuição, nome dado à versão utilizada em nossas escolas, é a denominada Linux Educacional 4.0, que assim como qualquer distribuição livre compreende todas as possibilidades de uso que se possa imaginar para um sistema operacional: navegação na Internet, autoria pelo uso de editores de imagem, editores de áudio e vídeo, planilhas de apresentação, cálculo, produção e formatação de textos, modelagem, programação, entre outras tantas; e ainda mais possibilidades no que diz respeito aos entrelaçamentos pedagógicos que os professores são capazes de vislumbrar com a inserção dos recursos tecnológicos e midiáticos em seus planejamentos.
Também é possível afirmar, com ênfase, que a possibilidade de compartilhamento do conhecimento que esta escolha técnica tem oportunizado para alunos e professores tem sido uma experiência ímpar em nossa Rede, pois hoje eles vivenciam, na prática, um dos conceitos mais importantes que buscamos construir em educação: a liberdade. A liberdade de expressão, a liberdade de autoria, a liberdade para construir sua cidadania, a liberdade para ser autônomo em seu processo de aprendizagem, enfim a liberdade tecno-midiática, de fato, para a escola.
Uma ação que tem nos mostrado concretamente todas essas possibilidades é o Grupo de Usuários articulado pelas assessoras Cristina Pereira Lima Santos e Denise Maria Pinheiro Alves:  “Linux Compartilhando”. Grupo esse, formado por professores, estagiários, alunos e assessores pedagógicos da SMED que se encontram presencial e virtualmente em uma ação horizontal de interação, com o intuito de construir soluções técnicas e pedagógicas para o uso desse sistema, que estará inclusive realizando encontro de usuários no 15º FISL, no estande da PMPA, nos impõe a reflexão de que construir uma prática calcada na colaboração, na democratização da informação, na autoria e na liberdade é possível.
Por características próprias um sistema livre permite que seus usuários realizem diversas modificações de ordem técnica que em um sistema fechado, proprietário, não são permitidas. A realidade que temos visto nas 28 escolas onde alunos têm modificado programas, restaurado sistemas, recuperado a possibilidade de navegação na Internet, baixado e atualizado aplicativos diretamente da Web, entre outras tantas possibilidades, e tudo isso apenas porque suas escolas operam com software livre, nos entusiasma mais e mais a cada dia.
E esse entusiasmo é ainda mais crescente quando tomamos consciência de que não estamos vendo essas ações exclusivamente advindas de professores ou de técnicos; isto está acontecendo em nossa Rede, com nossos alunos. Não alunos de ensino médio ou pós-médio, mas sim alunos do ensino fundamental que através de participação, de colaboração, de compartilhamento de saberes estão podendo viver a liberdade de testar, aplicar, experimentar o conhecimento técnico-pedagógico que a tecnologia livre oportuniza. É viver a liberdade e a autoria de forma concreta e prática, podendo ser ator e autor, verdadeiramente sujeito do processo.


Imagens de alunos da RME utilizando o SO Livre. 

REPLICADO DE: http://midiasescolares.wordpress.com/2014/05/06/smed-no-fisl-15/